O Jogo ao Vivo

Premium

Militares da GNR acusados de espancar para vingar insultos

Militares da GNR acusados de espancar para vingar insultos

Dois guardas vão ser julgados por agredirem detido no posto. A vítima desmaiou várias vezes e deixou de controlar as fezes.

Dois militares da GNR foram acusados de um crime de ofensa à integridade física por, segundo o Ministério Público (MP), terem agredido um homem de 27 anos, no interior do posto da Lixa, em Felgueiras.

As agressões, lê-se na acusação consultada pelo JN, ocorreram ao longo das três horas em que o funcionário de uma metalurgia esteve detido e foram efetuadas também por outros guardas que, no entanto, não foram identificados pelas autoridades. "Ainda hoje sinto receio devido ao que aconteceu naquela noite. Só deixei as consultas de psiquiatria há meio ano", queixa-se Filipe Teixeira, a vítima.