Premium

Ministério Público investiga manifestação de bombeiros

Ministério Público investiga manifestação de bombeiros

PJ passa a pente fino despesas de combustível, portagens e alimentação das associações de bombeiros em protesto de 24 de novembro de 2018.

O Ministério Público abriu uma investigação às associações de bombeiros que participaram na maior manifestação de sempre do setor, em Lisboa, há três meses. Em causa estará o uso abusivo das mais de 750 viaturas que rumaram ao Terreiro do Paço, a 24 de novembro de 2018, assim como de todas as despesas pagas pelas corporações a 3000 bombeiros.

O JN apurou que várias associações humanitárias de bombeiros voluntários do país estão a receber da Polícia Judiciária, desde o início da semana, um questionário sobre o que aconteceu no dia da concentração.