Braga

Morte de jovem com rebarbadora envolta em mistério

Morte de jovem com rebarbadora envolta em mistério

Os resultados da autópsia ao jovem de origem moldava encontrado morto no sábado, na garagem do prédio onde morava, em Braga, com o pescoço cortado por uma rebarbadora, deverão ser determinantes para o apuramento das circunstâncias da morte. Para já, a Polícia Judiciária (PJ) de Braga mantém em aberto todas as possibilidades - crime, acidente ou mesmo suicídio.

Foi a mãe de Radu Neagu, de 21 anos quem, cerca das 14.30 horas, deu com o corpo caído no chão da garagem da residência onde moravam, na Rua Álvaro Carneiro, ainda com a rebarbadora ligada e a trabalhar. No local o cenário encontrado depois pelos bombeiros e pela Polícia era aterrador, segundo testemunhas contaram ao JN, com sangue espalhado.

A mãe contou depois que tinha saído de casa para fazer compras e quando regressou ao apartamento deu pela falta do filho. A mulher relatou ainda que se dirigiu então à garagem, onde o jovem costumava passar muito tempo a fazer pequenos trabalhos, descobrindo a tragédia. Foi ela própria a desligar o aparelho e a chamar o 112, cujos elementos acabaram por declarar o óbito ainda no local.

Leia mais na edição impressa ou na versão epaper.