Braga

Mulher queixa-se à PJ por aparecer despida na net

Mulher queixa-se à PJ por aparecer despida na net

Foi filmada durante festejos do Enterro da Gata e exposta nas redes sociais sem ter autorizado.

A Polícia Judiciária (PJ) de Braga está a investigar se houve crimes no caso da mulher - presumível estudante da Universidade do Minho - filmada seminua no recinto das festas académicas do Enterro da Gata que decorrem esta semana no gatódromo, junto ao estádio. O filme, com apenas um minuto, foi parar às redes sociais sem que a vítima tivesse conhecimento e autorizado a publicação.

Leia a nossa Edição Impressa ou tenha acesso a todo o conteúdo no seu computador, tablet ou smartphone assinando a versão digital aqui