Vila Real

Mulher suspeita de fingir ser vidente para burlar idosos

Mulher suspeita de fingir ser vidente para burlar idosos

A PSP de Vila Real identificou uma mulher de 42 anos pela suspeita de um crime de burla, fazendo-se passar por vidente, e que está referenciada em vários processos.

A Polícia referiu, em comunicado, que recolheu informações sobre tentativas de burlas a idosos, ocorridas recentemente por suspeitas que se deslocavam à cidade de Vila Real principalmente em dias de feira e de mercado.

Após diligências, uma das suspeitas foi intercetada pela PSP e, posteriormente, reconhecida por uma das vítimas e por testemunhas da ocorrência.

Segundo a Polícia, a mulher, com residência conhecida na zona do Porto, encontra-se referenciada, desde 2012, em vários processos-crime relativos a furtos e burlas, ocorridos em diversos pontos do território nacional.

De acordo com esta força policial, as alegadas burlonas tinham como 'modus operandi' "ler a sina, fazendo-se passar por vidente, com o objetivo de extorquir dinheiro a vítimas vulneráveis, nomeadamente, pessoas idosas".

A PSP aproveitou para deixar alguns conselhos aos mais idosos e à população em geral, nomeadamente não abrirem a porta a estranhos, verificarem a identificação, com fotografia, de quem se apresente como funcionário dos serviços oficiais, como por exemplo, cobradores de água ou seguros, e não saírem sozinhos de casa se suspeitarem que há alguém suspeito no exterior.

Na rua, a polícia aconselhou a que sejam escondidos adornos ou joias com aspeto valioso, mesmo que, na realidade, o não sejam, porque podem atrair assaltantes ou burlões, e não trazerem na carteira coisas valiosas ou de grande interesse.

ver mais vídeos