Polémica

Mulheres da GNR obrigadas a levar filhos para o posto

Mulheres da GNR obrigadas a levar filhos para o posto

Algumas militares da GNR são obrigadas a levar os filhos para o posto por não terem onde os deixar de manhã. O Tribunal aceita providência cautelar porque o horário obriga a "violar responsabilidades parentais".

As militares da GNR que têm filhos pequenos estão a ser obrigadas a levá-los para os postos porque não têm onde os deixar às sete da manhã e há ordens para cumprir horários, mesmo quando os infantários ou escolas não estão abertos, ou ao fim de semana. Um tribunal de Braga já aceitou uma providência cautelar e Associação dos Profissionais da Guarda (APG/GNR) fala em "assédio laboral". Há vários casos identificados em todo o país.

Leia a nossa Edição Impressa ou tenha acesso a todo o conteúdo no seu computador, tablet ou smartphone assinando a versão digital aqui

ver mais vídeos