Justiça

Passageiros da América do Sul detidos com droga no Aeroporto de Lisboa

Passageiros da América do Sul detidos com droga no Aeroporto de Lisboa

Droga apreendida era suficiente para 45 mil doses individuais.Produto estupefaciente estava escondido nas malas de viagem e em "bolotas" introduzidas no próprio corpo dos traficantes.

Dois homens oriundos da América do Sul foram detidos no Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, depois de a Polícia Judiciária (PJ) ter detetado uma elevada quantidade de droga dissimulada numa das malas com as quais viajavam.

No espaço de poucos dias, é a segunda vez que a Unidade Nacional de Combate ao Tráfico de Estupefacientes da PJ apreende droga que chegava a Portugal através de cidadãos estrangeiros que viajavam de avião. Cinco deles acabaram detidos.

Segundo a própria PJ, a detenção dos dois homens, de 24 e 44 anos, aconteceu "no quadro do controlo que regularmente é exercido sobre os movimentos de passageiros com origem em países considerados de risco, tendo em vista a prevenção da introdução de produtos estupefacientes em território nacional através dos aeroportos internacionais".

Ou seja, como vinham de um voo proveniente da América do Sul, região de onde parte a maior parte da droga que chega à Europa, os passageiros foram alvo de uma revista intensa, que permitiu descobrir produto suficiente para 45 mil doses individuais de droga. O produto estupefaciente estava escondido nas malas de viagem, mas também no organismo dos próprios traficantes, que introduziram no próprio corpo algumas "bolotas" de droga.

Os detidos, acrescenta a PJ, foram presentes a primeiro interrogatório judicial, "tendo-lhes sido aplicada a medida de coação de prisão preventiva".

ver mais vídeos