Premium

Pena suspensa para agressor que dormia com motosserra junto à mulher

Pena suspensa para agressor que dormia com motosserra junto à mulher

O Tribunal de Guimarães condenou a quatro anos e três meses de prisão, com pena suspensa, um homem de 52 anos, que ameaçou com uma faca e insultou a mulher durante meses.

O homem obrigava a vítima a dormir ao seu lado com uma motoserra. Dizia que iria pô-la "às postas como se põe um cação". Apesar da gravidade dos factos e de os juízes terem manifestado "reservas" à suspensão da pena, a vítima não queria o agressor a cumprir prisão efetiva.

O pesadelo de "Ana" (nome fictício) começou em setembro de 2017, quando o marido se tornou ciumento e agressivo. Após vários episódios de violência, nos quais chamou "puta", "vaca", "uma merda" e a acusava de ter "amantes em todo o lado", Ana pediu o divórcio. Foi em maio do ano seguinte, na casa onde viviam, na freguesia de Aldão.