O Jogo ao Vivo

Premium

PJ desconfia de 70 contratos para amigo do presidente do Turismo do Norte

PJ desconfia de 70 contratos para amigo do presidente do Turismo do Norte

Vários negócios com empresário de Viseu correspondiam a tarefas já desempenhadas por funcionários do Turismo do Porto e Norte de Portugal.

Um total de 70 contratos, celebrados por ajuste direto, estão na mira da Polícia Judiciária (PJ) do Porto, no âmbito da Operação Éter. O beneficiário de tais negócios terá sido José Simões Agostinho, através de, pelo menos, seis sociedades controladas por este empresário de Viseu, amigo de Melchior Moreira, presidente do Turismo do Porto e Norte de Portugal (TPNP). Os interrogatórios dos cinco detidos iniciaram-se ontem no Tribunal de Instrução Criminal do Porto e prosseguem hoje.

Em causa na principal vertente da investigação referente à instalação de Lojas Interativas de Turismo estão mais de cinco milhões de euros em contratos formalizados desde o ano passado. A investigação desconfia que vários destes negócios eram fictícios, pois correspondiam ao trabalho que já era efetuado por funcionários da entidade que gere a promoção do turismo na zona Norte.

ver mais vídeos