Justiça

PJ detém casal em Gondomar por crimes violentos

PJ detém casal em Gondomar por crimes violentos

A Polícia Judiciária (PJ) deteve em Gondomar, no distrito do Porto, um casal "fortemente indiciado" pela prática de crimes de dano com violência, extorsão e detenção de armas proibidas, informou hoje fonte policial.

"A detenção ocorreu ontem [segunda-feira] em flagrante delito, na sequência da realização de diligências de obtenção de prova que permitiram detetar na posse dos arguidos substâncias estupefacientes, armas e munições em situação ilegal", refere a PJ, em comunicado.

No decurso da investigação, revela a polícia, apurou-se que, "a pretexto da cobrança de uma dívida relacionada com atividade ilícita de tráfico de estupefacientes a que se dedicará, o homem efetuou vários disparos com arma de fogo para a residência dos pais do alegado devedor"

Segundo a PJ, o alegado autor dos disparos, efetuados em 16 de setembro de 2018, tem antecedentes criminais por crimes contra a liberdade pessoal, a integridade física e a propriedade.

Ao efetuar a detenção do homem e da mulher, ambos de 26 anos, a PJ apreendeu-lhes 250 gramas de haxixe, uma arma de fogo e munições proibidas, assim como dinheiro e diversos objetos relacionados com a atividade de tráfico de droga.