Moradora internada

PJ investiga fogo num apartamento em Braga

PJ investiga fogo num apartamento em Braga

A Polícia Judiciária (PJ) está a averiguar as causas de um incêndio que, este sábado, tornou inabitável um apartamento de Braga e obrigou à hospitalização da locatária, disseram fontes policiais e da Proteção Civil.

A mulher, de 49 anos, foi levada ao Hospital de Braga em "estado grave devido a intoxicação por inalação de fumos", segundo fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS), e cerca das 12 horas, quase quatro horas após o sinistro, mantinha-se internada.

Ainda de acordo com esta fonte, o incêndio foi registado às 7.47 horas na Rua Tanque da Veiga, em Maximinos, Braga, e os bombeiros conseguiram circunscrevê-lo ao apartamento, num terceiro andar.

Fontes policiais disseram à agência Lusa que a PSP de Braga foi chamada a tomar conta da ocorrência, comunicando-a depois à PJ, que enviou uma brigada ao local.