Exclusivo edição impressa

Polícias processados por "likes" no Facebook contra comissária

Polícias processados por "likes" no Facebook contra comissária

Um oficial e dois agentes da PSP estão a ser alvo de processos disciplinares por terem feito um "like" na rede social Facebook.

O caso ainda não está encerrado porque os polícias recorreram da decisão, mas o Núcleo de Deontologia e Disciplina da PSP já proferiu a acusação e entende que deverão mesmo ser castigados.

A história passou-se em maio de 2015, quando o jornal "Observador" partilhou uma notícia sobre o Corpo de Segurança Pessoal (CSP) da PSP no seu perfil de Facebook. Um leitor, que se identificou como "Manuel Carlos", escreveu um comentário ao post, começando por elogiar o trabalho dos agentes do CSP. Mas tecendo, logo a seguir, duras críticas à adjunta do comandante do Corpo de Segurança Pessoal - "a quem foi dado de bandeja o curso e o lugar de número dois (...), arrogante, incompetente, falta de profissionalismo, só pensa chegar a lugares que lhe possam dar visibilidade (...)".

Leia mais na versão e-paper ou na edição impressa.

ver mais vídeos