Crime

Português detido em rede que roubava iates de luxo

Português detido em rede que roubava iates de luxo

Um cidadão português está entre os oito detidos pela Guardia Civil, todos suspeitos de pertencerem a uma rede criminosa que se dedicava ao roubo de iates de luxo no arquipélago das Baleares, em Espanha. Um barco no valor de 3,5 milhões de euros roubado em Palma de Maiorca foi agora recuperado em águas turcas.

O grupo já tinha mudado o nome, a matrícula e a bandeira da embarcação e também retirado os equipamentos eletrónicos de localização. Porém, graças à colaboração com a Europol e Interpol, as autoridades espanholas conseguiram detetar o iate "Funny" primeiro em águas gregas, no porto de Corinto, e depois em águas turcas, perto de Guluk, local onde foi intercetado e apreendido.

A bordo encontravam-se três cidadãos turcos e um russo, todos com documentos falsos, que foram detidos. O barco foi levado de volta para Palma de Maiorca e, após uma inspeção mais cuidada, as autoridades verificaram que já tinham desaparecido equipamentos eletrónicos no valor de 20 mil euros.

Ler mais na edição impressa ou epaper.