Crime

Prisão preventiva para um dos suspeitos de agressões a André Leão

Prisão preventiva para um dos suspeitos de agressões a André Leão

Um dos dois homens detidos pelas agressões violentas ao futebolista André Leão, de 23 anos, junto a uma discoteca de Lisboa, em fevereiro deste ano, ficou em prisão preventiva esta sexta-feira.

O outro detido, ex-concorrente de um 'reality show' televisivo, saiu em liberdade, sujeito à medida de coação de termo de identidade e residência com apresentações obrigatórias numa esquadra policial.

Ambos os arguidos foram presentes hoje à tarde a primeiro interrogatório judicial no Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa para aplicação de medidas de coação.

O ex-concorrente de um 'reality show' foi detido na quinta-feira, no Porto, enquanto a detenção do outro suspeito - que já estava identificado pela PSP - ocorreu hoje em Lisboa.

A vítima, jogador do Clube Atlético e Cultural (CAC) da Pontinha, Odivelas, terá sido agredido violentamente pelos arguidos e outros elementos com pontapés na cabeça, na madrugada de 28 de fevereiro (quarta-feira), no exterior da discoteca Dock's, em Lisboa.

As imagens das agressões circularam nas redes sociais.

O jovem esteve em coma induzido no Hospital de São Francisco Xavier, mas já teve alta hospitalar.

ver mais vídeos