Liga dos Campeões

PSP preparada para 500 adeptos do Lokomotiv de Moscovo no Porto

PSP preparada para 500 adeptos do Lokomotiv de Moscovo no Porto

Russos não serão protegidos por caixa de segurança na viagem até ao Estádio do Dragão. Autoridades esperam convívio pacífico entre apoiantes das duas equipas.

A PSP espera a presença de "400 a 500" adeptos do Lokomotiv de Moscovo no Porto, entre esta segunda e quarta-feira. Um número que irá obrigar à mobilização de "centenas" de agentes das várias valências da Polícia, mas que não suscita grande preocupação entre as autoridades.

Aliás, como revelou o intendente João Caetano, durante a conferência realizada nesta segunda-feira, não está prevista a realização de uma caixa de segurança para levar os apoiantes da equipa russa até ao Estádio do Dragão que, na terça-feira, acolhe o jogo entre o F. C. Porto e o Lokomotiv de Moscovo. "Os adeptos irão apenas ser acompanhados nas viagens, a maioria em transportes públicos, mas sem necessidade da presença de uma força musculada", adiantou o oficial.

Apesar de a UEFA ter classificado este jogo para a Liga dos Campeões de risco elevado e de estarem previstos 40 mil adeptos nas bancadas do Dragão, a PSP adiantou que, tal como aconteceu no primeiro jogo entre estas equipas, será promovida a interação entre os aficionados dos dois clubes, de forma a promover um ambiente festivo. "Não haverá medidas policiais que causem constrangimentos", garantiu João Caetano.

A operação da PSP para a segurança do jogo F. C. Porto-Lokomotiv de Moscovo, a contar para a quarta jornada do Grupo D da Liga dos Campeões, começa esta segunda-feira e terminará após o regresso dos adeptos russos ao Aeroporto Francisco Sá Carneiro.

Tal como sempre acontece nestas ocasiões, a PSP solicita que os adeptos cheguem cedo ao estádio e utilizem, preferencialmente, transportes públicos.

ver mais vídeos