Julgamento

PSP que agrediu adeptos do Benfica diz que agiu conforme a lei

PSP que agrediu adeptos do Benfica diz que agiu conforme a lei

Filipe Silva, o sub-comissário da PSP que foi filmado a agredir dois adeptos benfiquistas em Guimarães, em maio de 2015, está a ser julgado no tribunal de Guimarães.

O sub-comissário da PSP Filipe Silva admitiu esta segunda feira, no tribunal de Guimarães, ter dado bastonadas em José Magalhães e ter desferido dois socos no pai de José, Manuel Magalhães. Contudo, referiu várias vezes que agiu sempre de acordo com a lei e com as normas da polícia. Acrescentou que tudo aconteceu num ambiente de grande tensão.

Filipe Silva está a ser julgado por ter agredido José e Manuel, dois adeptos do Benfica.

O agente contou ao coletivo de juízes que deu voz de detenção a José depois deste o ter insultado. Disse que José resistiu à detenção e por isso teve necessidade de dar a primeira bastonada, e adiantou que apenas usou a força como estipulam as normas da PSP. Referiu também que sentiu que José lhe tinha cuspido.

José Magalhães negou ter insultado o sub-comissário e ter-lhe cuspido. Adiantou que ao ser questionado pelo agente sobre a razão pela qual estava no exterior do estádio respondeu que este devia preocupar se com o interior negando ter proferido qualquer insulto.

Filipe Silva explicou que foi "agarrado por trás" e sem saber quem o estaria a agarrar deu dois socos a Manuel Magalhães. Mas Manuel negou ter agarrado ou tocado do agente.

O julgamento continua durante a tarde.

ver mais vídeos