Premium

Pugilista espanca ex-companheira até à morte por ciúmes

Pugilista espanca ex-companheira até à morte por ciúmes

Vera Silva, 30 anos, foi assassinada à pancada na própria casa pelo ex-companheiro, que não aceitava o fim da relação de três anos marcada por episódios de violência doméstica e por cenas de ciúmes.

O agressor, Cláudio Quintas, 34 anos, pintor da construção civil e ex-praticante de boxe, detido na última quarta-feira pela Polícia Judiciária (PJ) de Setúbal, desconfiava que a proprietária de uma loja em Almada lhe tivesse sido infiel durante o namoro. Ficou em prisão preventiva.

Após nova discussão em casa de Vera, a 11 de janeiro, no Bairro Cor de Rosa, no Pragal, Almada, agrediu-a barbaramente, principalmente na cara. A violência foi tal que a vítima ficou irreconhecível. Vera ainda conseguiu arrastar-se até ao átrio do prédio e pedir ajuda. Nessa altura, o agressor já tinha fugido. A vítima foi transportada para o Hospital Garcia de Orta, mas acabou por falecer por falência do baço.