Tribunal

Queixa do Benfica sobre divulgação de emails segue para julgamento

Queixa do Benfica sobre divulgação de emails segue para julgamento

O processo sobre a divulgação dos emails movido pelo Benfica ao F. C. Porto vai seguir para julgamento, decidiu esta sexta-feira o Tribunal do Juízo Central Cível do Porto após a audiência preliminar.

Em causa está uma queixa movida pelo Benfica ao F. C. Porto após a divulgação de emails no Porto Canal, que os encarnados consideraram danosa e para a qual reclamam uma indemnização de 17,5 milhões de euros.

O F. C. Porto avançou também com uma reconvenção, pedindo uma indemnização cujo valor não foi divulgado.

Os dois clubes não conseguiram esta sexta-feira chegar a acordo sobre o diferendo, que seguirá assim para julgamento.

Os dois clubes estiveram representados na audiência preliminar pelos advogados Gonçalo Malheiro (Benfica) e Jorge Cernadas (F. C. Porto).

São réus neste processo a F. C. Porto SAD, a empresa Avenida dos Aliados, detentora do Porto Canal, estação de televisão onde foi feita a divulgação dos e-mails, bem como Francisco J. Marques, diretor de comunicação dos portistas, o presidente Pinto da Costa e os administradores Fernando Gomes e Adelino Caldeira.

O Benfica também dirige o seu pedido indemnizatório contra o F. C. Porto clube, a SAD do F. C. Porto e a F. C. Porto Media.

ver mais vídeos