Premium

Relação mantém jogador do Canelas 2010 fora de estádios

Relação mantém jogador do Canelas 2010 fora de estádios

O Tribunal da Relação do Porto confirmou na íntegra a decisão do Tribunal de Gondomar que condenou Marco Gonçalves, o jogador do Canelas 2010 que, em abril de 2017, deu uma violenta joelhada na cara do árbitro por este lhe mostrar cartão vermelho.

Condenado a pena de prisão suspensa, a uma indemnização e a 11 meses de proibição de entrar em estádios, o recurso daquele que é também membro destacado dos Super Dragões visava sobretudo que os desembargadores lhe levantassem essa interdição, o que não sucedeu.

Marco Gonçalves, conhecido por Marco "Orelhas", foi condenado em dezembro do ano passado a 11 meses de cadeia, com pena suspensa, e a pagar 16 mil euros pela violenta joelhada que desferiu na cara do árbitro portuense José Rodrigues, após este lhe mostrar cartão vermelho direto no jogo Rio Tinto-Canelas.A juíza de Gondomar decidiu ainda banir temporariamente o arguido dos recintos desportivos. E foi esta última parte da sentença que deixou o Marco mais inconformado.