Marinha Grande

Serralheiro apanhado a pagar a prostitutas com notas falsas

Serralheiro apanhado a pagar a prostitutas com notas falsas

Um serralheiro, de 34 anos, foi detido pela Polícia Judiciária de Leiria por falsificar notas de 20 euros que lhe serviam para pagar serviços sexuais de prostitutas da zona da Marinha Grande.

De acordo com informações recolhidas pelo JN, o indivíduo, residente na Nazaré, confessou às autoridades que sentia fortes necessidades de recorrer aos serviços de prostitutas, mas não tinha dinheiro para tal. Lembrou-se então de usar uma impressora que tinha em casa, para reproduzir notas de 20 euros.

Munido do dinheiro grosseiramente contrafeito, o indivíduo deslocou-se da Nazaré para a Marinha Grande, numa zona onde existe prostituição de rua. Abordou uma das mulheres e, depois do serviço, entregou-lhe a nota falsa. A mulher foi depois fazer compras e, no estabelecimento comercial, os funcionários detetaram a contrafação.

PJ apanha-o em flagrante

As autoridades foram chamadas a investigar a proveniência da nota. A prostituta queixou-se de a ter recebido, no mesmo dia, de um cliente, que via de vez em quando na Marinha Grande. O homem acabou detido em flagrante pela PJ de Leiria quando voltou à zona de prostituição, com mais notas falsas.

Além da mulher que se queixou, o serralheiro terá enganado mais duas ou três prostitutas. Levado ao juiz de instrução de Leiria, acabou libertado.