Tribunal

Superdragão confessa ter lançado petardo e é absolvido

Superdragão confessa ter lançado petardo e é absolvido

Um adepto do F. C. Porto condenado em primeira instância a uma multa de 720 euros por rebentar um petardo no Estádio do Dragão foi absolvido pela Relação do Porto, após recurso do próprio Ministério Público (MP). Os desembargadores entenderam que o petardo não tinha sido descrito de modo suficientemente claro para lhe imputar o crime e absolveram-no.

O arguido já tinha confessado "de modo integral e sem reservas" e disse estar arrependido de ter rebentado um petardo na noite de 22 de outubro de 2016, durante o jogo F. C. Porto-Arouca, no Estádio do Dragão. Aliás, até foi filmado a fazê-lo no setor 10 da Bancada Sul, local onde está instalada a claque Super Dragões.

Leia mais na edição impressa ou versão epaper.