Ameaça

Tiros da PSP travam homem com navalha que lançou pânico na Feira de Carcavelos

Tiros da PSP travam homem com navalha que lançou pânico na Feira de Carcavelos

Um homem, 27 anos, de etnia cigana, armado com uma navalha de grandes dimensões, lançou o pânico no recinto da feira de Carcavelos, na quinta-feira, colocando em debandada centenas de pessoas. Foi neutralizado e detido depois de agentes da PSP terem efetuado disparos de intimidação para o ar.

Completamente descontrolado e em fúria, o homem ameaçou e colocou em causa a integridade física de dezenas de pessoas, que conseguiram escapar às tentativas de agressão. Na origem dos incidentes terão estado desentendimentos com outros feirantes.

Agentes da PSP, em serviço remunerado no recinto, intervieram mas perante a agressividade do homem acabaram por ter que efetuar alguns disparos de intimidação para o ar para o desarmar e neutralizar.

Residente na freguesia de São Domingos de Rana, o homem acabou por ser algemado e detido, com os agentes policiais a terem que usar da força muscular estritamente necessária para o dominar, adianta o jornal online "Cascais24".

Foi submetido a primeiro interrogatório judicial, esta sexta-feira, junto dos Serviços do Ministério Público de Cascais, mas não é conhecida a medida de coação.

A tradicional feira de Carcavelos, realiza-se todas as quinta-feira e é frequentemente procurada pela classe média-alta para fazer compras, sobretudo adquirir todo o tipo de vestuário e objetos de marca a preços relativamente acessíveis.