Premium

Traficante inglês é suspeito de matar compatriota

Traficante inglês é suspeito de matar compatriota

Ex-segurança desapareceu meio ano antes de o suspeito ser detido com drogas e armas. Ossadas foram encontradas em terreno de Pedrógão Grande.

O inglês que a Polícia Judiciária (PJ) deteve por tráfico de droga, em dezembro, na zona de Pedrógão Grande, é suspeito de ter matado o compatriota Joel Eldridge, de 30 anos. Este ex-segurança da cidade de Bexhill, Sudeste de Inglaterra, estava desaparecido há cerca de um ano, mas tudo indica que são suas as ossadas desenterradas pela PJ do Centro, na terça-feira, num terreno em Pedrógão Grande.

Fonte próxima da investigação admitiu ao JN que o inglês apanhado em dezembro com cerca de 50 quilos de haxixe, MDMA, liamba, cocaína e LSD, avaliados em 1,5 milhões de euros, tinha relações com Eldridge e também é investigado pelo envolvimento no seu provável homicídio.