O Jogo ao Vivo

Premium

Tribunal absolve marido e advogado de mostrarem fotos íntimas de ex-mulher

Tribunal absolve marido e advogado de mostrarem fotos íntimas de ex-mulher

A exibição de fotos íntimas de uma mulher durante os processos de divórcio e de regulação de poder paternal levou pela segunda vez ao banco dos réus o ex-marido da queixosa e o seu advogado.

A mulher reclamava 35 mil euros de indemnização e os arguidos já tinham sido absolvidos, mas o Tribunal da Relação de Lisboa (TRA) mandou o Tribunal da Amadora repetir o julgamento e agora foi dado como provado que não houve intenção de ofender.

O divórcio litigioso e a regulação de poder paternal em relação ao filho do casal estavam a decorrer em paralelo desde 2013. O marido entregou ao advogado 32 fotos da mulher em poses de cariz sexual para juntar aos dois processos, ambos no Tribunal de Amadora.