Premium

Predador que rondava escola transmitiu doença sexual a vítima de 13 anos

Predador que rondava escola transmitiu doença sexual a vítima de 13 anos

Predador transmitiu doença sexual a vítima de 13 anos. PJ deteve-o e juiz soltou-o sob proibição de contactos e apresentações diárias.

Vigiava adolescentes à porta de escolas em Vila Nova de Famalicão e, de seguida, abordava-as na rede social Facebook para seduzi-las e tentar consumar atos sexuais. Conseguiu-o com pelo menos uma das vítimas, o que levou o pai a fazer queixa às autoridades. A Polícia Judiciária (PJ) do Porto deteve agora este padeiro, de 20 anos, e descobriu mais alvos do predador, que até transmitiu uma doença sexual a uma das menores.

Levado a interrogatório, o juiz de instrução criminal acabou por libertar o arguido, sujeitando-o apenas a apresentações diárias às autoridades e à proibição de contactos com as menores. Ainda assim, o suspeito pode continuar a rondar estabelecimentos de ensino.

Imobusiness