GNR

Vítimas de burla na Net foram bater à porta do suposto burlão a Caminha

Vítimas de burla na Net foram bater à porta do suposto burlão a Caminha

Um grupo de onze pessoas, alegadamente vítimas de burla, concentraram-se à porta de casa do suposto burlão em Argela, Caminha, para exigir artigos comprados online ou a devolução do dinheiro.

Segundo fonte do Comando Territorial da GNR de Viana do Castelo, duas patrulhas e o Núcleo de Investigação Criminal (NIC) estiveram no local, mas "os ânimos mantiveram-se calmos" e a situação acabou por resolver-se "sem incidentes".

Os queixosos desmobilizaram cerca das 20.30 horas, mais de duas horas depois da concentração.

De acordo com a mesma fonte, em causa estarão burlas relacionadas com a venda de peças de automóvel na Internet, havendo registo de "queixas de vários pontos do país".