Ponte de Lima

Investigado incêndio que destruiu três viaturas de combate a fogos

Investigado incêndio que destruiu três viaturas de combate a fogos

A Polícia Judiciária (PJ) de Braga está a investigar as causas do incêndio, esta terça-feira de madrugada, em Ponte de Lima, que destruiu três veículos de combate a fogos, disse fonte daquela força policial.

Contactado pela agência Lusa, o comandante dos Bombeiros Voluntários de Ponte de Lima, Carlos Lima, adiantou que os três veículos, dois ligeiros e um pesado, foram "totalmente destruídos pelas chamas que deflagraram, ainda por razões desconhecidas, cerca das 3 horas, em Moreira do Lima, freguesia onde as viaturas se encontravam estacionadas".

O responsável explicou que, "quando os operacionais da corporação chegaram ao local, os três veículos já se encontravam tomados pelas chamas".

"Os operacionais fizeram proteção do fogo para evitar a propagação a edifícios contíguos", destacou Carlos Lima.

As três viaturas destruídas pertencem a uma das equipas AFOCELCA - Agrupamento Complementar de Empresas de Proteção Contra Incêndios que integram o dispositivo de combate aos incêndios florestais do distrito de Viana do Castelo.

Ao local compareceram oito operacionais, uma viatura de combate a incêndios e uma ambulância dos Bombeiros Voluntários de Ponte de Lima e a GNR.

Outros Artigos Recomendados