GNR

Investigado vídeo que mostra detenção violenta

Investigado vídeo que mostra detenção violenta

3 O conteúdo de um vídeo que circulou na Internet onde vários elementos da GNR parecem agredir um homem, na via pública, no Algarve, está a ser investigado pela instituição. O Comando Geral da GNR confirma ter conhecimento do vídeo, e informa que está "em curso processo de averiguações interno, no sentido de apurar todas as circunstâncias".

O JN sabe que o detido, de 30 anos, tem um vasto passado criminal. É suspeito de tentativa de homicídio e de mais de uma dezena de roubos e está em prisão preventiva por tráfico de droga e crimes violentos. De nacionalidade portuguesa, já foi condenado na Noruega, de onde acabou por ser expulso após cumprimento da pena. É considerado perigoso e costuma andar armado. Tinha uma faca no carro.

A abordagem em causa ocorreu no dia 11 de outubro. A GNR estava no encalço de dois homens, que fugiram numa viatura, após um assalto a um supermercado em São Brás de Alportel. A dupla terá seguido a grande velocidade por estradas principais e caminhos secundários, fazendo várias manobras perigosas.

O carro acabou por se despistar na Estrada Nacional 125, em Olhão. Um dos ocupantes foi detido de imediato e o outro fugiu a pé, tendo sido apanhado uns metros à frente. O vídeo mostra o momento em que dois militares o levantam do chão, já algemado, e o levam até à parede mais próxima para ser revistado. O JN contactou guardas que estavam no local e todos garantiram que o homem não colaborou e resistiu à revista sumária.

No dia seguinte, a GNR anunciou a detenção de dois homens, indiciados pela prática de roubos a estabelecimentos comerciais em Albufeira, Almancil, Faro, São Brás de Alportel, Olhão e Tavira. "Roubavam valores monetários existentes nas caixas registadoras coagindo os colaboradores dos estabelecimentos", explicou a Guarda, em comunicado. Além da faca, foi apreendido vestuário alegadamente utilizado nos crimes, cocaína e dinheiro. Presentes a tribunal, ficaram em liberdade, sujeitos a apresentações periódicas.

Mas, para o homem que aparece no vídeo, a liberdade durou pouco tempo. Dias depois foi novamente detido, com outras cinco pessoas, mas pela PSP, por suspeitas de tráfico de droga e crimes violentos, como roubos em estabelecimentos comerciais e furtos qualificados. Foi apreendida cocaína, heroína, uma réplica de uma arma de fogo e diverso material que a PSP acredita ter sido utilizado para arrombamento.

PUB

A publicação original do vídeo foi entretanto retirada das redes sociais. v

Imagens pouco claras

lO vídeo foi filmado a vários metros do local da abordagem. As imagens não são claras quanto ao que aconteceu durante a revista, momento em que terão ocorrido as agressões, já com o detido algemado.

Militares identificados

lA GNR está a tentar identificar os militares que aparecem nas imagens. A fuga após o assalto em São Brás obrigou a pedir auxílio a patrulhas de vários postos, que estavam perto dos locais por onde iam passando.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG