Alcochete

Jogadores do Sporting agredidos querem ser ouvidos por teleconferência 

Jogadores do Sporting agredidos querem ser ouvidos por teleconferência 

O advogado do Sporting requereu que os jogadores que foram agredidos na invasão à Academia de Alcochete sejam ouvidos por teleconferência.

Em requerimento apresentado esta terça-feira no Tribunal de Monsanto, Miguel Coutinho apoiou-se na lei da proteção de testemunhas para indicar ao Tribunal que os jogadores temem estar no mesmo local e acenderem pelos mesmos espaços que os seus agressores.

Na eventualidade de indeferimento, o advogado pediu que os arguidos ficassem afastados durante as audições dos jogadores.