Exclusivo

Jornalista escreveu que "Carrilho é um asco" e agora vai pagar-lhe 25 mil euros

Jornalista escreveu que "Carrilho é um asco" e agora vai pagar-lhe 25 mil euros

Supremo Tribunal de Justiça condena ex-diretora-adjunta dos jornais "i" e "Sol" por ter usado "terminologia menos própria" e imputado facto "erróneo"a ex-ministro da Cultura em dois artigos de opinião.

O Supremo Tribunal de Justiça (STJ) deu vitória, esta semana, ao ex-ministro Manuel Maria Carrilho, num processo cível movido contra a jornalista Ana Sá Lopes, por dois artigos de opinião que esta assinara, em 2017, quando era diretora-adjunta dos jornais "i" e "Sol".

"Manuel Maria Carrilho é um asco" e "Carrilho, um homem capaz de vender o próprio filho" são os títulos dos artigos que levaram o STJ, na última quarta-feira, a confirmar o acórdão da Relação de Lisboa que condenara a jornalista a indemnizar o ex-ministro da Cultura em 25 mil euros, mais juros.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG