Crime

Jovem do Porto morre baleada em ação da PSP em São João da Madeira

Jovem do Porto morre baleada em ação da PSP em São João da Madeira

Uma mulher morreu, esta madrugada de quinta-feira, na sequência de ferimentos causados por arma de fogo, após uma ação da PSP.

Durante a abordagem a suspeitos de furto, em São João da Madeira, "os policias efetuaram disparos com arma de fogo", informou a PSP, em comunicado.

"Posteriormente deu entrada, no Hospital de São João da Madeira, uma cidadã com ferimento por arma de fogo, que se supõe estar relacionada com a ocorrência descrita", adianta a PSP. "A cidadã, com cerca de 23 anos, entrou em paragem cardiorrespiratória e faleceu no hospital", pode ainda ler-se no documento.

Segundo apurou o JN, a vítima é do Porto e foi deixada na urgência do hospital pelo alegado companheiro de assalto, que abandonou o local.

A mulher foi atingida por pelo menos um tiro na zona do torso. "Ouvi vários tiros, mais do que um", contou ao JN uma testemunha que vive junto ao local da ocorrência.

Os suspeitos estariam a tentar assaltar um veículo da marca Mercedes quando foram intercetados pela PSP. Os disparos terão ocorrido quando os suspeitos tentaram atropelar os agentes, colocando-se em fuga num Seat Ibiza cinzento, com mais dois homens no interior.

Foi dado conhecimento do sucedido à Polícia Judiciária e à Inspeção Geral da Administração Interna (IGAI) e deslocaram-se ao local dois elementos da "Inspeção da PSP, para procederem a uma análise e avaliação iniciais", acrescenta a PSP, anunciado que "instaurou o consequente inquérito de âmbito disciplinar, para apurar as circunstâncias que rodearam a intervenção policial."

Devido à existência de vários furtos em viaturas num local concreto da cidade de São João da Madeira, "a PSP criou uma equipa dedicada a esse fenómeno criminal", acrescenta o comunicado, que contextualiza a operação, ocorrida cerca da meia-noite de quarta-feira, na Avenida do Vale, em São João da Madeira.

"Os polícias de serviço detetaram uma viatura suspeita a circular na área de ocorrência dos furtos, com as luzes desligadas, parando junto dos veículos estacionados", informou a PSP. Após ouvirem "o ruído correspondente à quebra de um vidro" de um carro, os polícias abordaram os ocupantes da viatura suspeita.

"Durante a abordagem aos suspeitos, os policias efetuaram disparos com arma de fogo, em circunstâncias que serão apuradas", adiantou a PSP, sublinhando que "a viatura suspeita conseguiu fugir do local, sem que fosse possível deter os seus ocupantes."

* com Augusto Correia

Outras Notícias