PJ

Jovens violavam em grupo colegas de escola em Vila Franca de Xira

Jovens violavam em grupo colegas de escola em Vila Franca de Xira

A Polícia Judiciária (PJ) deteve, em Vila Franca de Xira, dois jovens, de 16 e 17 anos, que são suspeitos de violarem seis meninas, com idades entre os 12 e os 15 anos, que frequentavam a mesma escola. A Judiciária sublinha que os suspeitos atuavam em grupo e com outros indivíduos.

Os detidos são suspeitos da "prática de vários crimes de violação, de abuso sexual de crianças, de coação sexual, de importunação sexual, de pornografia de menores e de ameaças, todos na sua forma agravada, sobre seis meninas", revelou a PJ.

Atuando em grupo, conjuntamente com outros, os suspeitos "atraíam as colegas, através de vários estratagemas, a diversos locais, sobretudo às suas residências" e, "após consumarem os atos criminosos, ameaçavam e intimidavam as vítimas, como forma de garantir o silêncio das mesmas".

Os factos, de acordo com a PJ, terão ocorrido desde o final do ano letivo 2020/2021 e no ano letivo em curso, até fins de janeiro de 2022.

"A Polícia Judiciária teve conhecimento da situação no final de março e desenvolveu a investigação que permitiu identificar várias vítimas e casos, bem como recolher fortes elementos indiciários, que conduziram às detenções dos suspeitos", referiu a Judiciária.

Os detidos foram ouvidos em primeiro interrogatório judicial, no Tribunal de Instrução Criminal de Vila Franca de Xira, tendo-lhes sido aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG