Exclusivo Edição Impressa

PJ liberta seis escravos portugueses em Espanha

PJ liberta seis escravos portugueses em Espanha

Durante dez meses tiveram de trabalhar, sem salário, 15 horas por dia, dormindo em cima de palha num celeiro, na zona de León, Espanha.

Uma investigação da Polícia Judiciária (PJ) do Porto permitiu a libertação de seis escravizados e a detenção de um casal e do filho, que usavam violência e exibiam armas para mantê-los em cativeiro.

Foi há três dias que uma equipa da Guardia Civil espanhola, seguindo as orientações da PJ, libertou as vítimas, prendendo em flagrante delito o casal, de 46 e 41 anos, natural de Mogadouro, para além do filho de 18, por crimes de tráfico de pessoas para exploração laboral, sequestro e escravidão.


Ler mais na versão e-paper ou na edição impressa

Leia a nossa Edição Impressa ou tenha acesso a todo o conteúdo no seu computador, tablet ou smartphone assinando a versão digital aqui