Exclusivo

Juiz nega liberdade condicional a padre preso por abusos

Juiz nega liberdade condicional a padre preso por abusos

O Tribunal de Execução de Penas de Coimbra recusou-se, pela quarta vez, a conceder liberdade condicional ao antigo vice-reitor do Seminário do Fundão, Luís Mendes, que está a cumprir uma pena de dez anos por crimes de abuso sexual de Menores.

Desta vez, o pedido do recluso, de 46 anos, foi objeto de um parecer positivo do conselho técnico, datado de 11 de julho, que assentou a sua posição no facto de o recluso não ter problemas disciplinares, no Estabelecimento Prisional da Guarda, onde cumpre a pena.

No entanto, o juiz de execução de penas encarregado da decisão recusou-se a antecipar a saída do padre da cadeia, por ele continuar a não assumir os crimes e, por isso, a não manifestar o arrependimento.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG