Premium

Juíza libertou arguidos que podem vir a destruir prova

Juíza libertou arguidos que podem vir a destruir prova

A rede de jogo e apostas ilegais, desmantelada esta semana pela GNR, ainda terá dezenas de máquinas em bares e cafés de norte a sul do país.

Apesar de ter colocado todos os arguidos em liberdade, a juíza de instrução criminal de Setúbal considerou como real o perigo de perturbação do inquérito, devido à possibilidade dos arguidos virem a eliminar os softwares informático nas máquinas não apreendidas.

Para o Tribunal, o perigo para a investigação também reside no facto de haver suspeitos que ainda não foram detidos. Um dos "fugitivos" é o alegado cabecilha da rede, Veloso da Costa, de Vila Nova de Gaia, que estará no estrangeiro.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG