Exclusivo

Juízes confirmam dívida de Salvador a "camião do fraque"

Juízes confirmam dívida de Salvador a "camião do fraque"

Duzentos e sessenta e nove mil euros. É esta a quantia que a Relação de Guimarães decidiu que o empresário António Salvador, da Britalar, tem mesmo de pagar ao seu antigo sócio Domingos Correia, das Construções Ar-Lindo - conhecido por ter colocado a circular em Braga o chamado camião do fraque, atrás do também presidente do S. C. Braga. Salvador diz que vai voltar a recorrer, agora para o Supremo Tribunal de Justiça.

A Relação confirmou a sentença do Tribunal de Comércio de Famalicão, na qual aquela dívida é dada como assente, nascida da venda das ações da sociedade moçambicana Britalar-Moz, que Correia transmitiu a Salvador (avalista pessoal da dívida).

Pendente na Relação está, ainda, mais um recurso de apelação interposto por Salvador após uma outra sentença do Tribunal de Famalicão, de julho passado, condenando-o a entregar mais 438 mil euros a Domingos Correia.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG