Disciplina

Justiça desportiva continua a investigar e-Toupeira

Justiça desportiva continua a investigar e-Toupeira

Inquérito instaurado após a acusação do Ministério Público pelo Conselho de Disciplina da Federação mantém-se aberto até o caso chegar ao fim nos tribunais civis.

O inquérito aberto pelo Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) depois de, no ano passado, ser conhecida a acusação do Ministério Público contra a Benfica SAD no caso e-Toupeira, mantém-se.

O inquérito está em suspenso, apesar de a justiça civil, neste caso o Tribunal da Relação de Lisboa (TRL), ter afastado responsabilidades criminais das águias no processo que vai levar ao banco dos réus Paulo Gonçalves, ex-assessor jurídico do Benfica, bem como José Silva, conhecido como a "toupeira" do sistema informático dos tribunais, e Júlio Loureiro, funcionário judicial, ex-árbitro e observador de árbitros.

Leia mais na edição impressa ou versão e-paper.

Outras Notícias