Setúbal

Justiça elogia fuzileiro por impedir massacre

Justiça elogia fuzileiro por impedir massacre

Militar foi baleado e atingiu um dos atiradores, tendo protegido uma centena de pessoas que estavam num bar.

O fuzileiro que interveio num tiroteio à porta de um bar de Setúbal, protagonizado por outros dois homens, em outubro do ano passado, foi agora descrito pelo Ministério Público (MP) como um herói, por ter impedido aquilo que poderia ter sido um massacre.

Leia a nossa Edição Impressa ou tenha acesso a todo o conteúdo no seu computador, tablet ou smartphone assinando a versão digital aqui

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG