O Jogo ao Vivo

Exclusivo

Kikas, "rainha" do alterne, arguida após rusga do SEF no La Siesta

Kikas, "rainha" do alterne, arguida após rusga do SEF no La Siesta

"Estou cansada. Dormi pouco e já ando há muitos anos nisto. Hoje a casa vai abrir como normalmente. Mas com mais calma vou pensar no meu futuro", contou Maria da Conceição António, conhecida por Kikas, de 65 anos, dona do bar de alterne La Siesta, em Santarém, onde o Serviço de Estrangeiro e Fronteiras (SEF) identificou, na noite de quinta para sexta-feira, cerca de 50 mulheres estrangeiras, metade das quais em situação ilegal no nosso país. Foram ainda apreendidos mais de 60 mil euros em dinheiro e diversa documentação.

Fonte do SEF garantiu, ao JN, que esta será "uma das maiores casas de alterne no país". No mesmo espaço, que até tem piscina, funciona um restaurante e o bar de alterne. Há quartos onde as mulheres dormem e é também ali que Kikas reside.

A empresária está desde 2003 à frente do La Siesta, um estabelecimento que se diz ter uma clientela eclética, vinda de todas as classes sociais e profissões, desde figuras públicas e jovens que querem uma despedida de solteiro mais apimentada.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG