Exclusivo

Levava saco de notas e foi roubado à beira do tribunal

Levava saco de notas e foi roubado à beira do tribunal

Vítima agredida por trio que o esperou em banco de jardim em Vila do Conde. Recusou ida ao hospital e não fez queixa.

Um cidadão chinês, de 38 anos, foi agredido e roubado, ontem, em pleno dia, mesmo ao lado do tribunal, no centro de Vila do Conde. Terá ficado sem um saco de desporto com centenas de euros que ia depositar num banco. Os assaltantes, três, fugiram a pé.

"Um dos indivíduos aproxima-se e dá-lhe, de imediato, um murro. Ele, que não contava, caiu ao chão. Um segundo chega, dá-lhe vários pontapés na cabeça e arranca-lhe o saco da mão. Aproxima-se um terceiro e fugiram os três a pé, contornando o tribunal, na direção da Junta de Freguesia", contou, ao JN, uma testemunha, que pediu anonimato. A cena durou "segundos", mas fez a zona, onde há serviços, dezenas de escritórios, lojas e um centro comercial, "parecer o faroeste".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG