Espanha

Libertado português detido na Galiza com duas mil doses de cocaína

Libertado português detido na Galiza com duas mil doses de cocaína

A Justiça espanhola decidiu libertar sem pagamento de fiança, enquanto faz a investigação, o português detido na passada terça-feira com 2000 doses de cocaína, disse esta sexta-feira fonte oficial do Tribunal Superior de Justiça da Galiza.

A mesma fonte revelou à Lusa que o homem, que está a ser investigado por suspeita de crime contra a saúde pública, foi submetido esta sexta-feira a um exame médico para avaliar o seu alegado vício ao consumo de drogas.

A polícia espanhola prendeu na passada terça-feira numa portagem da autoestrada galega AP-9 este português de 32 anos, residente em Braga, que tinha escondido no veículo 2000 doses de cocaína.

Segundo a Guardia Civil (correspondente à GNR em Portugal), a "atitude suspeita" do condutor levou a que os agentes fizessem "uma inspeção minuciosa" do seu veículo e posterior descoberta da droga em várias embalagens.

Os acontecimentos ocorreram durante uma operação de controlo dos veículos que a Guardia Civil tinha lançado numa portagem da autoestrada galega.

O detido foi colocado, na altura, à disposição do tribunal de Cangas (Pontevedra).

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG