Premium

Libertar e fugir pode ser o suficiente para vencer

Libertar e fugir pode ser o suficiente para vencer

Filipe ensina mulheres a defenderem-se dos agressores. E não cobra nada por isso.

Se um agressor lhe apertar o pescoço contra uma parede, o que deve fazer para se libertar? Simples: com a mão esquerda aperte-lhe o pulso e com a direita aperte-lhe um dedo e puxe-o para trás. Ele vai largar-lhe o pescoço e recuar.

"O primeiro princípio de defesa pessoal é correr, porque o agressor só consegue atingir a vítima se esta estiver ao alcance do seu braço. E se ela conseguir tempo para se afastar, ganha a briga". Filipe Monsanto começa com esta mensagem o workshop que ontem começou a orientar especificamente para mulheres.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG