Porto

Líder cigano pede desculpas por agressões a enfermeiro

Líder cigano pede desculpas por agressões a enfermeiro

Patriarca reuniu com Administração do Hospital São João sobre episódio de terror. Membros de clã ainda não estão detidos.

Alberto Melo, o patriarca cigano que há vários anos desempenha no Norte a função de mediador nas relações daquela etnia com a comunidade em geral, foi recebido ontem de manhã pela Administração do Hospital de São João, no Porto, a quem apresentou "sinceras desculpas pelo comportamento violento e vergonhoso" de um clã que na terça-feira de Carnaval agrediu com extrema violência um enfermeiro e outros cinco funcionários em serviço na Urgência.

Leia a nossa Edição Impressa ou tenha acesso a todo o conteúdo no seu computador, tablet ou smartphone assinando a versão digital aqui

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG