Polícia

Loba morta a tiro encontrada na zona fronteiriça da Galiza

Loba morta a tiro encontrada na zona fronteiriça da Galiza

Uma loba foi abatida a tiro, na província espanhola de Ourense, da região da Galiza, em Espanha, do lado oposto ao do Parque Nacional da Peneda-Gerês.

O caso está a ser investigado por uma brigada especializada dos Agentes Ambientais dos Serviços Florestais da Xunta da Galiza, poucos dias depois de a caça aos lobos ter sido proibida em Espanha.

A fêmea, da espécie de lobo ibérico, foi encontrada morta, com um tiro na barriga, caída de lado, num terreno descampado de um pequeno município raiano, A Mezquita, situado em Ourense, na Comunidade Autónoma da Galiza. O cadáver foi recolhido pelos agentes ambientais galegos, que estão a tentar identificar o responsável pelo crime.

A recente instituição do lobo como espécie protegida, em Espanha, não é consensual, não só entre os caçadores, como no seio dos criadores de gado, que se queixam dos ataques mortais daquela espécie ao gado de pastoreio.

No início da semana, o JN noticiou também que a GNR está a investigar as circunstâncias em que morreram dois lobos, numa zona de Montalegre, em pleno Parque Nacional da Peneda-Gerês.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG