Exclusivo edição impressa

Lusodescendentes detidos com armas de guerra e Corão

Lusodescendentes detidos com armas de guerra e Corão

A PJ da Guarda investiga dois irmãos lusodescendentes, de 23 e 27 anos, residentes há três meses numa aldeia do concelho de Almeida, por suspeita de ligação a grupos radicais islâmicos.

A recolha de informações junto de organismos internacionais decorre desde o mês passado, mas foi intensificada nos últimos dias, depois de a PJ ter encontrado um exemplar do Corão (o livro sagrado do islamismo) numa das duas viaturas dos irmãos, que foram passadas a pente fino, e de pelo menos o mais velho dos arguidos ter confessado que se converteu ao islamismo há cerca de quatro anos.

Outras Notícias