O Jogo ao Vivo

PSP

Toxicodependente detida por raptar filho de instituição em Setúbal

Toxicodependente detida por raptar filho de instituição em Setúbal

Uma mulher de 39 anos foi detida esta madrugada no Hospital D. Estefânia por subtração de menor. A vítima é o seu filho, de um ano de idade. A mãe é toxicodependente e tem problemas do foro psicológico.

O alerta para o rapto aconteceu na tarde de ontem, terça-feira. Segundo um comunicado da PSP de Setúbal, a mulher subtraiu o seu filho, de um ano de idade, da instituição onde se encontrava por decisão judicial.

As primeiras informações recohidas pela PSP revelaram que a mãe não tinha resdência certa, consumia estupefacientes e denotava alguns problemas de foro psicológico, existindo, portanto, forte possibilidade desta colocar em causa a vida e a integridade física do menor.

Ciente do perigo que a criança corria, a PSP de Almada mobilizou em tempo útil todos os meios disponíveis para procurar a suspeita e o bébe, nomeadamente nas plataformas de transportes públicos entre a Almada e Lisboa e em todos os locais que se apurou ser frequentados por eles. O Comando Metropolitano rapidamente também disponibilizou meios para a busca.

Cerca das 4.00 horas desta madrugada, a suspeita foi interceptada, acompanhada do menor, no Hospital de D, Estefânia, em Lisboa.

O menor foi encontrado com um ferimento ligeiro na face, não se conhecendo para já a origem da mesma, ficando internado no hospital para observação, não correndo perigo de vida.

A progenitora foi detida e será presente ao Ministério Público do Tribunal Judicial da Comarca de Lisboa Unidade Central de Almada.