Oeiras

Vai pagar 350 euros ou fazer trabalho comunitário por deixar filho de 11 anos conduzir

Vai pagar 350 euros ou fazer trabalho comunitário por deixar filho de 11 anos conduzir

A PSP deteve, em Oeiras, uma mulher, de 45 anos, que seguia como passageira num carro que era conduzido pelo filho, de 11 anos. A detenção ocorreu no sábado à tarde, no Passeio Marítimo de Algés.

A PSP estranhou a aparência jovem do condutor e ordenou a paragem do carro, pelas 18.30 horas, "uma hora de algum movimento", avançou esta quinta-feira o Comando Metropolitano da PSP de Lisboa ao JN.

Quando os agentes pediram ao condutor do veículo os seus documentos, a mãe prontificou-se a dizer que este era seu filho e que tinha sido ela a incentivar a criança a conduzir a viatura.

Não explicou, porém, os motivos de incitar o menor à prática do crime de condução sem habilitação legal. "Perante os factos narrados e a clara cumplicidade da suspeita, a mesma foi detida e o menor sinalizado à CPCJO", refere a PSP.

A detida foi ouvida no Tribunal Judicial da Comarca de Oeiras, tendo sido obrigada a pagar 350 euros a favor de uma IPSS ou, em alternativa, 60 dias de trabalho comunitário.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG