Redes sociais

Mãe queixou-se de mensagens obscenas dirigidas à filha em escola de Valongo

Mãe queixou-se de mensagens obscenas dirigidas à filha em escola de Valongo

Um homem, de 18 anos, colaborador de uma escola de Valongo, foi acusado pela mãe de uma aluna de a importunar com mensagens enviadas pelo Instagram.

O caso veio a público, na passada sexta-feira, quando a mãe de uma aluna, de 15 anos, da EB 2/3 Vallis Longus, apresentou queixa na PSP contra o jovem, que colaborará com o estabelecimento de ensino.

De acordo com a queixosa, o indivíduo usava a rede social Instagram para importunar a filha com mensagens obscenas e teria feito o mesmo com outras alunas.

A PSP confirmou a apresentação da queixa e, segundo o JN apurou, também ouviu o jovem.

Este terá negado a autoria das mensagens, sublinhando que tinha problemas com a sua conta no Instagram e que na passada semana alguém se teria apropriado das suas contas nas redes sociais, aí escrevendo fazendo-se passar por ele.

Ao JN, um elemento da Direção do Agrupamento de Escolas Vallis Longus limitou-se a confirmar o incidente, esclarecendo que o caso "foi encaminhado para as instâncias competentes".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG