Justiça

Mãe envenenou o filho de 11 anos na Madeira e suicidou-se

Mãe envenenou o filho de 11 anos na Madeira e suicidou-se

Mãe e filho foram encontrados mortos, esta quarta-feira de manhã, na Ponta do Sol, Madeira. Tudo indica que a mulher, de 53 anos, terá envenenado o menor, de 11 anos, e depois suicidou-se. A PJ está a investigar.

A informação foi avançada, esta quarta-feira de manhã, pelo DN da Madeira. Segundo a mesma fonte, foi um familiar que encontrou os corpos das vítimas e deu o alerta de madrugada.

A mulher de 53 anos, residente na Ponta do Sol, concelho do Funchal, terá envenenado com "um pesticida o filho e depois ter-se-á suicidado", explicou fonte da PJ citada pela agência Lusa.

Os indícios recolhidos até agora por aquela força policial indicam "a existência de uma carta da mãe, dirigida à família, justificando a morte de ambos", o que indicia um homicídio seguido de suicídio.

"Nós fomos chamados pelas 02.40 horas para um local na Ponta do Sol e quando chegámos deparámo-nos com uma mãe e um filho" já cadáveres, explicou o comandante dos bombeiros da Ribeira Brava, Agostinho Silva.

Foram chamados ao local o delegado de saúde e a PSP. O caso foi posteriormente entregue à jurisdição da PJ, que ainda se encontra no local a recolher indícios.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG