O Jogo ao Vivo

Justiça

Magnatas do calçado escondem 2,6 milhões ao Fisco

Magnatas do calçado escondem 2,6 milhões ao Fisco

Três empresários do calçado de Felgueiras foram acusados pelo Ministério Público de uma gigantesca fraude fiscal, de cerca de 2,6 milhões de euros, e do crime de branqueamento de capitais.

Teriam uma contabilidade paralela, materializada em simples cadernos, ou folhas de papel, destruídos com regularidade, que lhes permitia furtar-se ao pagamento integral do IVA, IRC e IRS. A investigação da Polícia Judiciária de Braga e da Autoridade Tributária estabeleceu que os arguidos abriram contas em "offshores", nas Ilhas Caimão e no Reino Unido, além de terem investido no imobiliário largos milhões.

Leia mais na edição e-paper ou na edição impressa.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG